Rogério Charraz está de volta  com o terceiro álbum de originais. Não Tenhas Medo do Escuro é o nome do seu  novo trabalho, composto por 11 canções da autoria do próprio,  com exceção de Meu Amor Eterno, composta em parceria com o pianista Júlio Resende, que também a toca  no álbum.  É uma canção muito comovente, com uma letra escrita por Rogério Charraz e dedicada à sua mãe.
 
Além de Júlio Resende, Não Tenhas Medo do Escuro conta ainda com as honrosas participações da fadista Katia Guerreiro,  da guitarrista Marta Pereira da Costa  e do acordeonista João Gentil. Os irmãos  Buba e Eduardo Espinho e também António Caixeiro completam a lista de músicos convidados, trazendo o Alentejo para a canção Chuva nos Beirados.
 
Entre os autores das letras  destaca-se o jornalista José Fialho Gouveia, que assina cinco das canções do disco.  
Joana Correia (mulher  de Rogério Charraz que se estreia na escrita de canções com duas letras), a romancista Filipa Martins, Maria Morgado  e Rogério Perrolas escreveram as palavras para os restantes temas.  
 
“Quem tem  a sorte de poder  contar  com estas colaborações não pode ter medo do escuro”, sublinha Rogério Charraz.
 
De álbum para álbum,  o músico tem  consolidado o seu  público, como ficou recentemente provado com o sucesso da campanha de crowdfunding que realizou em Março. Em pouco mais de um mês, os fãs de Rogério Charraz contribuíram com mais de sete mil euros para a gravação de Não Tenhas Medo do Escuro.

Depois de mais de uma década a trabalhar em projectos colectivos, Rogério
Charraz editou em 2012 o seu primeiro disco em nome próprio: A Chave.
 
E foi a chave que abriu a porta do reconhecimento do público e dos seus pares. Seis temas em séries e novelas televisivas (Pai à Força - RTP, Sol de Inverno - SIC e Louco Amor - TVI), disco oficial Antena 1 e a participação especial de Rui Veloso, José Mário Branco, Ricardo Carriço, Ana Laíns e Fernando Tordo.
 
A fasquia ficou  elevada, mas Espelho, o seu segundo trabalho  de originais editado em 2014, esteve à altura das expectativas. Novamente disco Antena 1 e com presença em novelas televisivas, o disco voltou a contar  com duetos muito especiais com Rui Pregal da Cunha (Heróis do Mar), Luanda Cozetti , Sensi, Miguel Calhaz e Dany Silva.
 
A revista especializada Blitz atribui-lhe 4 estrelas.
 
Do percurso fazem parte momentos como o prémio Ary dos Santos (Festival Cantar Abril, Almada), a participação no disco “Em Busca das Montanhas”, de Fausto Bordalo Dias, a participação na canção dos 80 anos  da Rádio Pública ou a participação na nova versão de “Ser Benfiquista”, hino do Sport Lisboa e
Benfica, por ocasião do 111º aniversário do clube.
 
Em 2016 a guitarrista Marta Pereira da Costa  inclui o tema  Encontro no seu disco de estreia. Composto por Rogério Charraz, o tema  conta com a participação do lendário baixista de Jazz Camaronês Richard Bona!
 
Pelo caminho pisou palcos de norte  a sul do País, entre os quais o São Jorge (Lisboa), CC Olga Cadaval (Sintra), Rivoli (Porto), Casino Estoril ou Casino da Figueira.
 

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now